Já pensou que artrose, degeneração, invalidez podem ser coisas do passado? Você continuará envelhecendo sem dores e livre após 50+, e com muita saúde. As estratégias adequadas podem ser aplicadas para aliviar as dores e cuidar das demais articulações dando a elas o que precisam para driblar efeito do tempo.

Acima dos 50 anos e muito bem!

Idade avançada não causa dor por si só, pequenos e triviais estiramentos ou desarranjos das articulações causam dores que erroneamente atribuímos à idade. Por exemplo, é comum ouvirmos que as dores ocorrem por que “o corpo está enfraquecendo”, “os ossos estão perdendo cálcio”. Não podemos nos manter jovens, mas certamente é possível fazer algo para melhorar a qualidade de vida e viver sem dor.

fisioterapeuta-geriatrico

 

 

 

 

 

O que você precisa é:

1.Desenvolver músculos mais fortes.

Um programa gradativo de resistência pode desenvolver e manter músculos fortes e alongados em todas as idades. A escolha de manter os músculos fortes depende da maneira com que os utilizamos, não quer dizer que seja necessário carregar pesos pesados para se manter saudável. De maneira geral, uma pessoa deve conseguir levantar um peso leve de 10 a 12 vezes sem se cansar. Resistência é necessário e com a atividade orientada os músculos respondem surpreendentemente, desde que sejamos gentis para não cometer excessos e utilizemos a técnica correta.

2. Desenvolver ossos mais fortes

Exercícios apropriados podem reduzir a perda de densidade óssea. Para os membros inferiores, precisamos de exercícios de impacto envolvendo escadas, caminhada com ou sem pesos. Para a coluna é necessário fortalecimento dos músculos das costas. Para os membros superiores, a atividade envolve deitar de barriga para baixo em 2 ou 3 travesseiros e deixar a cabeça e ombros para fora da cama e segurá-los por 5 segundos.


3. Desenvolver a postura

Você já se percebeu curvado para frente enquanto anda ou sentado de maneira desleixada? Se isso já acontece, certamente está afetando o equilíbrio das curvas naturais da coluna e por isso pode tornar-se permanentemente curvado. Como encontrar a postura correta? Fácil. Sente o mais reto e com o corpo o mais erguido possível, exagere. Agora libere 10% da tensão, de maneira a manter a curva lombar. Está é a forma mais eficiente de se alcançar a boa postura. Pode parecer cansativo num primeiro momento, mas rapidamente os músculos se adaptam, à medida que são solicitados e você se sentirá muito melhor.

4. Aprender a melhorar o Equilíbrio

Quando crianças, sempre testamos nosso equilíbrio com as brincadeiras. Adultos, apenas sentamos, ficamos de pé… raramente nos colocamos em situações que treinam o equilíbrio. Preservar habilidades que envolvem equilíbrio reduz o risco de queda. Para testar tente ficar de pé em uma perna próximo a uma parede. Quando conseguir manter o equilíbrio por 30 segundos sem tocar na parede tente fazer isso com os olhos fechados. Muito difícil?

5. As dores e desconfortos não são normais

Ao contrário da crença popular, a maioria das dores e desconfortos das pessoas acima dos 50 anos são problemas reversíveis e simples das articulações, músculos ou tendões. Essas dores não estão necessariamente relacionadas ao desgaste ou artrite ou artrose. A avaliação pelo Método Mckenzie pode diferenciar se a dor pode ser rapidamente abolida. Grande parte das pessoas pode ter um benefício significativo com o programa individualizado que mantém os ossos, músculos em pleno trabalho e sem dor.

O que você precisa para sentir-se jovem e forte é:

  • Uma avaliação musculoesquelética apropriada —– Ajuda Profissional

  • Um pouco de tempo e esforço—— Autotratamento